www.forumleste.com.br/

Confira

soundcloud.com/davidmatospdez

https://soundcloud.com/uslokin

sábado, 24 de setembro de 2011


Violência ao vivo - David Matos Dan Matos e Nação DLM


Ah...  A violência
Me deparei com a parede caindo meus filhos crescendo a violência evoluindo
O mundo mais uma vez me trouxe preocupação, isso é mesmo uma favela não é uma televisão é
Medo de assalto, morte, armas, drogas corroendo os jovens até as almas
Com certeza você vai me falar que esta ruim agora e no futuro tudo vai melhorar
Mas pelo contrario fica tudo pior quando me lembro de minha vida sinto ate dó de mim
Afinal não sou mais que um ser humano lutando pra encarar, viver nesse cotidiano
Cadê mudanças e policiamento me vêem em lixo desgraça e muito preconceito
A revolta farta de mais um cidadão, a justiça feita pelas próprias mãos
São bandidos que só querem seu dinheiro, como se pode um cidadão dormir em paz neste veneno
É droga é morte é pura crueldade é violência ao vivo... É banalidade
É droga é morte é pura crueldade é violência ao vivo... A realidade
Na periferia a coisas é seria meu irmão, é mano que mata família, que mata policia que mata ladrão.
Por isso fique esperto não seja aliciado, ponha a cabeça no lugar pra não ser mais um acorrentado.
É um mundo obscuro o que a violência traz, faça disso um rap nervoso e ganhará com a paz
Na pilantragem tem neguinho que rouba o vizinho até de dia Isso não é ilusão isso não é fantasia
A conseqüência do sistema nos trata como animal, a falta de cultura é nosso cartão postal
Eu queria que nas favelas tivesse espaço pra diversão, e ficar livre na quebrada sem ser tirado de ladrão
O meu sonho é ser tratado só com um pouquinho de respeito, botar a cabeça no travesseiro e então dormir direito
Mas há drogas, há morte há muita crueldade, há violência ao vivo!
Eu fico procurando soluções confortáveis que limitam ao Maximo minha proteção
Acho que viver neste mundo não é fácil basta perceber quanto vale pra você
Eu vejo as crianças nas ruas com os pés descalços, E tenho acreditado que exista alguma solução
É só não viver de passado acreditar na esperança que tudo que é triste se tornará ilusão
É preciso ter muito mais que perseverança, pra viver na favela acreditar na esperança
Vivemos em um mundo trancado...          (é não existe a saída)

A porta eu quero destrancar... (mas eu não quero enxergar)
Favela no meu ponto de vista... (o lado oculto da cidade)
É o lugar onde pessoas humildes vêem morar.
É droga é morte é pura crueldade é violência ao vivo... É banalidade
É droga é morte é pura crueldade é violência ao vivo... A realidade


em breves noviddes sobre esse som...

Ah...  A violência
Me deparei com a parede caindo meus filhos crescendo a violência evoluindo
O mundo mais uma vez me trouxe preocupação, isso é mesmo uma favela não é uma televisão é
Medo de assalto, morte, armas, drogas corroendo os jovens até as almas
Com certeza você vai me falar que esta ruim agora e no futuro tudo vai melhorar
Mas pelo contrario fica tudo pior quando me lembro de minha vida sinto ate dó de mim
Afinal não sou mais que um ser humano lutando pra encarar, viver nesse cotidiano
Cadê mudanças e policiamento me vêem em lixo desgraça e muito preconceito
A revolta farta de mais um cidadão, a justiça feita pelas próprias mãos
São bandidos que só querem seu dinheiro, como se pode um cidadão dormir em paz neste veneno
É droga é morte é pura crueldade é violência ao vivo... É banalidade
É droga é morte é pura crueldade é violência ao vivo... A realidade
Na periferia a coisas é seria meu irmão, é mano que mata família, que mata policia que mata ladrão.
Por isso fique esperto não seja aliciado, ponha a cabeça no lugar pra não ser mais um acorrentado.
É um mundo obscuro o que a violência traz, faça disso um rap nervoso e ganhará com a paz
Na pilantragem tem neguinho que rouba o vizinho até de dia Isso não é ilusão isso não é fantasia
A conseqüência do sistema nos trata como animal, a falta de cultura é nosso cartão postal
Eu queria que nas favelas tivesse espaço pra diversão, e ficar livre na quebrada sem ser tirado de ladrão
O meu sonho é ser tratado só com um pouquinho de respeito, botar a cabeça no travesseiro e então dormir direito
Mas há drogas, há morte há muita crueldade, há violência ao vivo!
Eu fico procurando soluções confortáveis que limitam ao Maximo minha proteção
Acho que viver neste mundo não é fácil basta perceber quanto vale pra você
Eu vejo as crianças nas ruas com os pés descalços, E tenho acreditado que exista alguma solução
É só não viver de passado acreditar na esperança que tudo que é triste se tornará ilusão
É preciso ter muito mais que perseverança, pra viver na favela acreditar na esperança
Vivemos em um mundo trancado...          (é não existe a saída)

A porta eu quero destrancar... (mas eu não quero enxergar)
Favela no meu ponto de vista... (o lado oculto da cidade)
É o lugar onde pessoas humildes vêem morar.
É droga é morte é pura crueldade é violência ao vivo... É banalidade
É droga é morte é pura crueldade é violência ao vivo... A realidade

em breve novidades sobre esse som...

Violência ao vivo - David Matos Dan Matos e Nação DLM

Violência ao vivo - David Matos Dan Matos e Nação DLM
Ah... A violência
Me deparei com a parede caindo meus filhos crescendo a violência evoluindo
O mundo mais uma vez me trouxe preocupação, isso é mesmo uma favela não é uma televisão é
Medo de assalto, morte, armas, drogas corroendo os jovens até as almas
Com certeza você vai me falar que esta ruim agora e no futuro tudo vai melhorar
Mas pelo contrario fica tudo pior quando me lembro de minha vida sinto ate dó de mim
Afinal não sou mais que um ser humano lutando pra encarar, viver nesse cotidiano
Cadê mudanças e policiamento me vêem em lixo desgraça e muito preconceito
A revolta farta de mais um cidadão, a justiça feita pelas próprias mãos
São bandidos que só querem seu dinheiro, como se pode um cidadão dormir em paz neste veneno
É droga é morte é pura crueldade é violência ao vivo... É banalidade
É droga é morte é pura crueldade é violência ao vivo... A realidade
Na periferia a coisas é seria meu irmão, é mano que mata família, que mata policia que mata ladrão.
Por isso fique esperto não seja aliciado, ponha a cabeça no lugar pra não ser mais um acorrentado.
É um mundo obscuro o que a violência traz, faça disso um rap nervoso e ganhará com a paz
Na pilantragem tem neguinho que rouba o vizinho até de dia Isso não é ilusão isso não é fantasia
A conseqüência do sistema nos trata como animal, a falta de cultura é nosso cartão postal
Eu queria que nas favelas tivesse espaço pra diversão, e ficar livre na quebrada sem ser tirado de ladrão
O meu sonho é ser tratado só com um pouquinho de respeito, botar a cabeça no travesseiro e então dormir direito
Mas há drogas, há morte há muita crueldade, há violência ao vivo!
Eu fico procurando soluções confortáveis que limitam ao Maximo minha proteção
Acho que viver neste mundo não é fácil basta perceber quanto vale pra você
Eu vejo as crianças nas ruas com os pés descalços, E tenho acreditado que exista alguma solução
É só não viver de passado acreditar na esperança que tudo que é triste se tornará ilusão
É preciso ter muito mais que perseverança, pra viver na favela acreditar na esperança
Vivemos em um mundo trancado... (é não existe a saída)

A porta eu quero destrancar... (mas eu não quero enxergar)
Favela no meu ponto de vista... (o lado oculto da cidade)
É o lugar onde pessoas humildes vêem morar.
É droga é morte é pura crueldade é violência ao vivo... É banalidade
É droga é morte é pura crueldade é violência ao vivo... A realidade





em breve mais novidades sobre este som....

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

PH Downloads: baixar filmeGênero: TerrorAno de Lançamento: 20...

PH Downloads:
baixar filme
Gênero: Terror
Ano de Lançamento: 20...
: baixar filme Gênero: Terror Ano de Lançamento: 2011 Formato: Rmvb Qualidade: DVDRip Idioma: Português Legenda: S/L Tamanho: 286 MB ...